Compartilhe

Veja 05 dicas de como melhorar sua gestão financeira!

Ainda não sabe como administrar o dinheiro de uma  pequena empresa?  Se a resposta for sim, é importante ficar de olho neste conteúdo. Isso porque, separamos algumas dicas que podem facilitar de vez a sua gestão financeira. Afinal, mesmo que o seu faturamento mensal não ultrapasse os seis  dígitos (ainda), isso não significa que tal organização deva ficar em segundo plano!

 

Confira 04 dicas sobre como administrar o dinheiro de uma pequena empresa!

É fato que a educação financeira é uma das principais bases para a longevidade de qualquer negócio. Contudo, outro fato é que diante dessa responsabilidade muitas dúvidas aparecem, e para acabar com elas basta dar olhada nas 04 dicas a seguir!

1-Contrate um escritório de contabilidade!

Podemos dizer que a contratação de um escritório de contabilidade será essencial para o crescimento seguro do seu negócio. Isso porque, esse profissional detém todo conhecimento para que a sua gestão financeira flua da melhor forma possível. De um modo geral, o contador é o responsável por fornecer informações relacionadas a custos, giro de capital, encargos e tributos.  Ou seja, para não se confundir com as finanças, o bom mesmo é ter ele por perto!

2-Não misture contas pessoais com as contas da empresa

Misturar as contas pessoais com as contas da empresa é um dos principais comportamentos que levam os empreendedores à falência, ainda mais quando os lucros começam aparecer.  Isso acontece toda vez que aquele boleto da internet ou qualquer outro tipo de conta pessoal é paga com o dinheiro que deveria ser utilizado apenas para gatos corporativos. Agora, para que essa situação passe bem longe do seu negócio existem algumas alternativas válidas. São elas:

  • Separe as contas bancarias entre pessoa física e jurídica;
  • Tenha um cartão de crédito apenas para gastos corporativos;
  • Classifique corretamente todas as despesas.

 

3-Tenha um capital de giro!

Para quem acabou de começar o seu próprio negócio, a importância do capital de giro é dada pelo fato dele suprir os gastos da empresa enquanto a mesma ainda não pode se pagar. Agora, para os que já estão há um tempo no mercado, esse montante financeiro é responsável por manter a saúde de um empreendimento sempre que uma instabilidade econômica aparece.

O capital de giro nada mais é do que uma reserva que tem como objetivo pagar as contas da empresa, como salários, alugueis, fornecedores entre outros. Portanto, se você está prestes a colocar o seu empreendimento em ação, é importante ter em mente que o capital de giro deverá suprir, pelo menos, os primeiros 06 meses de funcionamento da sua empresa.

4-Use e abuse da tecnologia!

Graças a criação de alguns softwares, lidar com gestão financeira vem se tornando uma tarefa bem mais simples. Tais ferramentas possibilitam a otimização de processos, como controle de gastos, faturamento e pagamentos.  

De acordo com uma matéria realizada pelo SEBRAE, há 04 ferramentas  que garantem mais assertividade na sua administração financeira. São elas:

 

 

E aí? Agora que você já sabe como administrar o dinheiro de uma pequena empresa, compartilhe com a gente a sua opinião e fique por dentro deste portal!


Compartilhe