Compartilhe

O conselho de administração (CA) é um dos importantes pilares da governança corporativa, que tem como principal objetivo supervisionar as atividades gerenciais do negócio, sendo parte fundamental na estratégia da empresa.

Tudo o que está relacionado a retorno dos investimentos faz parte do principal objetivo do conselho de administração, porque é junto aos conselheiros que são desenvolvidas as questões estratégicas que podem envolver o investimento em outros mercados e a criação de vantagens competitivas.

Com mais de 35 anos no mundo corporativo e desde 2015 à frente da MORCONE Consultoria Empresarial, atuando na implantação da governança corporativa nas empresas, hoje trago um artigo sobre o conselho de administração como ponto de equilíbrio nos negócios.

Independentemente do porte da empresa, quando há organização na apresentação de metas, orçamento, planejamento estratégico e responsabilidades definidas, o caminho esperado é de expansão no mercado.

Gosto de enxergar o conselho de administração como ponto de equilíbrio nas empresas e, principalmente quando se tratam de empresas familiares, que exigem maiores dinâmicas de controle, a governança corporativa, com foco no CA, tende a auxiliar a equilibrar as suas demandas convergindo para um objetivo de crescimento em comum.

Conselho de Administração como principal órgão na Governança Corporativa

O CA tem como principal função ser como o elo entre os sócios e a diretoria, ajudando na orientação e na supervisão contínua da relação da gestão com as demais partes interessadas. O intuito é que todas as partes sejam beneficiadas de maneira apropriada e proporcional ao vínculo que possuem com a sociedade.

Atuando como conselheiro de administração externo em algumas empresas, lido diretamente com decisões importantes, que necessitam de uma visão macro do contexto, ou seja, o CA também tem o papel de tornar a tomada de decisões um processo mais controlável do ponto de vista dos possíveis riscos.

Quem compõe o Conselho de Administração

Quem escolhe os membros do CA são os sócios no negócio, até mesmo porque serão os conselheiros os seus representantes na empresa.

Dentre as importantes funções do conselho está a de proteger o patrimônio da sociedade, assim como os seus interesses.

O conselho de administração como ponto de equilíbrio nas empresas atua também no controle da correta aplicação dos valores, crenças e propósitos dos sócios nas atividades que desempenham na sociedade.

O conselheiro eleito pode já compor a empresa, mas também pode ser externo, geralmente, profissionais com amplo conhecimento na área de gestão de negócios são escolhidos para compor o conselho e auxiliar organizações nas tomadas de decisões, na garantia da transparência e credibilidade.

O controle é descentralizado com o conselho de administração, ou seja, não há apenas uma pessoa responsável pelos rumos na gestão do negócio. São realizados debates entre os membros para decidir quais os objetivos da empresa.

O CA não interfere diretamente em assuntos operacionais, mas é responsável pela instauração de sistemas de controle interno, assim como por estabelecer um código de conduta no negócio.

Valores éticos, bom caráter e integridade estão entre os principais requisitos na escolha dos membros que irão compor o conselho, afinal, estará nas mãos desses profissionais o futuro da empresa.

Conselho Administrativo e Conselho Consultivo

Alguns podem mencionar conselho administrativo e conselho consultivo como se fosse a mesma coisa, mas não são.

conselho de administração tem como intuito auxiliar no processo que envolve a tomada de decisões em uma empresa. Já o conselho consultivo é responsável por orientações que não necessariamente serão adotadas pela empresa.

O conselho consultivo é muito importante, principalmente em casos em que as empresas estão em uma fase inicial na adoção de práticas de governança corporativa, em que são necessários relatórios que fundamentem a elaboração de um planejamento estratégico para o negócio.

Conselho em tempos de incertezas

Em um contexto de maior incerteza, em que muitas empresas estão tentando se recuperar da crise econômica devido ao Covid, o conselho de administração é fundamental.

A atuação deste órgão ajuda as organizações a pensarem para além dos problemas atuais, com uma visão de longo prazo e estimativa mais próxima da realidade quanto aos riscos de determinadas ações e investimentos.

Gosto de pensar no conselho de administração como ponto de equilíbrio porque na governança corporativa é isso o que esse pilar faz, consegue, diante de todas as áreas da empresa, obter um panorama mais próximo das necessidades atuais e ajudar o negócio a tomar as mais importantes decisões, que serão responsáveis por sua permanência no mercado e, em grande parte dos casos, por sua expansão.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe. Lembre-se que na MORCONE Consultoria Empresarial pensamos em cada parte do seu negócio, utilizando metodologias e práticas inteligentes. Atuamos com a implantação da Governança Corporativa e transformamos a mentalidade de gestores para o sucesso.

 

Veja também:

Governança no ESG é a principal base para o cumprimento dos pilares Social e Meio Ambiente

Incluir a pauta saúde mental no conselho de administração é essencial


Compartilhe