Compartilhe

Segundo Indicadores Econômicos CNI (Confederação Nacional da Indústria), houve aumento na confiança em 28 de 30 setores da indústria em maio deste ano, dentre os setores mais confiantes está o da Metalurgia, com 63,4 pontos.

Com mais de 35 anos no mundo corporativo e desde 2015 à frente da MORCONE Consultoria Empresarial, hoje trago um artigo sobre como melhorar a gestão nas indústrias metalúrgicas, de maneira que possam crescer, ainda que em um cenário conturbado economicamente como o atual no Brasil.

Na área de consultoria já houve atuação da MORCONE em conselhos de administração, inclusive, no setor de indústrias metalúrgicas, o objetivo era auxiliar o negócio na revisão estratégica, na revisão de processos, e claro, na gestão financeira e global da organização.

Nesse cenário complexo no Brasil, há alguns direcionamentos importantes para empresas do setor, portanto, trago a seguir algumas orientações que acredito que podem nortear o corpo de gestores nesse modelo de negócio.

Produtividade, gestão e melhorias de curto prazo

São muitos os desafios para a indústria de metalurgia, e dentre os principais fatores de impacto estão: aumento da concorrência, aumento no consumo de recursos, grande competitividade no mercado, a redução dos impactos ambientais, um acessível preço no mercado e custos com produção, sem falar em uma boa gestão de estoque, mão de obra, matéria-prima, etc.

A produtividade está intimamente ligada aos processos no negócio, mas vai além, demanda uma mudança importante comportamental por parte dos gestores e equipes que integram a empresa.

Transformação digital é um passo importante e irreversível para o sucesso

Principalmente durante a pandemia, muitas indústrias recorreram à solução de problemas em equipamentos remotamente, ou seja, a tecnologia foi e tem sido fundamental para manter essas empresas no mercado.

Para melhorar a gestão nas indústrias metalúrgicas também é preciso contar com um bom sistema de ERP que consiga otimizar o tempo e integrar todas as áreas do negócio. Mas essa não é uma escolha fácil, é preciso contar com o apoio de profissionais experientes e com uma ferramenta que de fato possa suprir as necessidades desse modelo de negócio.

Um bom sistema de gestão integrada ajuda na entrega das informações necessárias que permite que se tenha um total controle na produtividade e gastos em cada área, além é claro, de ajudar na tomada de decisões, de saber quando parar ou investir em determinada ação de expansão.

A busca por constante inovação é fundamental, porque sabemos que além de melhorar os processos no negócio, também ajuda na redução de custos.

Sustentabilidade em todas as vertentes

Quando se pensa em melhorar a gestão nas indústrias metalúrgicas, é fundamental pensar na sustentabilidade em todas as suas potencialidades, desde a gestão global do negócio até pensar na empresa como parte da sociedade e meio ambiente.

O alto consumo de energia, por exemplo, é um dos grandes desafios para muitas indústrias do setor de Metalurgia e pensar nesse assunto é fundamental. De acordo com pesquisa realizada pela Universidade Federal de Goiás (UFG), 39% da energia elétrica produzida no Brasil é utilizada pelas indústrias.

O investimento em programas de eficiência energética é um dos caminhos para diminuir o impacto no consumo.

Renegociação com fornecedores

Ano passado, uma das minhas principais orientações em minha coluna na rádio Jovem Pan News Bauru, falando sobre negócios, foi repensar a relação com os fornecedores e pensar em estratégias que pudessem favorecer ambas as partes.

Repensar prazos de pagamento, quantidade de insumos com base na quantidade de produção e análise de vendas dos produtos é o caminho básico nesse processo.

Valorização das capacidades técnicas

Muitas empresas do setor carecem de mão de obra qualificada, principalmente de Engenheiros e Técnicos de nível médio em mecânica e metalúrgica. Investir em treinamentos, no constante desenvolvimento da equipe é essencial.

É preciso, em muitos casos, trabalhar na cultura do negócio, de maneira que as pessoas sintam-se integradas à equipe, motivadas nos projetos que envolvem a indústria.

Essa foi uma das áreas que mais movimentou a economia em cenário complexo no Brasil em 2020 e persiste em 2021. A ideia é que continue a crescer e, em muitos casos, é necessária uma visão plural e externa ao negócio para que o crescimento ocorra da melhor maneira.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe. Lembre-se que na MORCONE Consultoria Empresarial pensamos em cada parte do seu negócio, utilizando metodologias e práticas inteligentes.

Veja também:

Valor da Controladoria em tempos de crise

Problemas da falta de capital de giro – linhas de crédito são mesmo a solução?

 


Compartilhe